Skip to content

Huck financiou jato privado com recursos do BNDES, diz jornal

O apresentador Luciano Huck financiou seu jato privado com recursos do BNDES. A operação foi feita por meio da empresa Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos, de propriedade dele e de sua esposa, a também apresentadora de TV Angélica. As informações foram divulgadas pelo blog Tijolaço, e confirmadas pelo jornal Folha de S. Paulo. Veja tambémPolíticaLuciano Huck volta a…

via Huck financiou jato privado com recursos do BNDES, diz jornal — VEJA.com

Anúncios

Mesmo perdendo pontos, Bolsonaro lidera absoluto em cenário sem Lula, diz Datafolha

Na primeira pesquisa após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser condenado em segunda instância, o que pode torná-lo inelegível pela Lei da Ficha Limpa, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) surge como líder absoluto. Nas quatro simulações feitas nos dias 29 e 30 de janeiro pelo Instituto Datafolha, o parlamentar aparece com índices de intenções…

via Bolsonaro lidera em cenário sem Lula, diz Datafolha — VEJA.com

Na primeira pesquisa após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser condenado em segunda instância, o que pode torná-lo inelegível pela Lei da Ficha Limpa, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) surge como líder absoluto. Nas quatro simulações feitas nos dias 29 e 30 de janeiro pelo Instituto Datafolha, o parlamentar aparece com índices de intenções de votos que variam entre 18% e 20%. Em dezembro, Bolsonaro somava entre 21% e 22% nos cenários sem o petista.
A pesquisa foi feita na segunda-feira, 29, e na terça-feira, 30 — após, portanto, o julgamento no TRF4, que ocorreu na quarta-feira, 24. O levantamento foi divulgado na madrugada de hoje, 31, pela Folha de S.Paulo.
Na ausência de Lula, os ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) aparecem na segunda colocação em dois cenários cada um. Ciro soma entre 10% e 13% das intenções de voto — em dezembro, tinha entre 12% e 13%. Já Marina aparece com 13% e 16% — em dezembro, tinha 16% e 17%.

Nos três cenários em que é testado, Geraldo Alckmin (PSDB) aparece com 8% a 11% das intenções de voto. Luciano Huck (sem partido) tem 8% no cenário em que foi incluído. Alvaro Dias (Podemos) tem entre 5% e 6%. João Doria (PSDB) e Joaquim Barbosa (sem partido) foram incluídos em apenas uma simulação cada, na qual aparecem com 5% dos votos.

O ex-ministro e ex-governador Jaques Wagner (PT-BA), eventual substituto de Lula na corrida presidencial, caso o ex-presidente fique inelegível, aparece com 2% dos votos em dois cenários. 

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro perde para Marina (42% a 32%) e empata tecnicamente com Alckmin (35% a 33%).

COM LULA

Mesmo após ter a condenação por corrupção e lavagem de dinheiro confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), Lula manteve os índices de intenção de voto na corrida presidencial que tinha em dezembro. O petista lidera os cinco cenários em que é incluído, com entre 34% e 37% da preferência do eleitorado — mesma faixa do levantamento de dezembro. O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) vem em segundo lugar, com 15% a 18% das intenções de voto — no mês passado, o parlamentar tinha entre 17% e 18%. 

Nos cinco cenários que incluem Lula, o terceiro lugar apresenta empate técnico. Na primeira simulação, Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) têm 7% e Joaquim Barbosa (sem partido), 5%. No segundo cenário, Alckmin e Ciro mantêm os 7%, e Alvaro Dias (Podemos) tem 4%. 

Na terceira simulação, Marina Silva (Rede) aparece com 8% e Luciano Huck (sem partido) tem 6% — mesmo porcentual de Alckmin e Ciro. Numa quarta hipótese, Marina tem 10%, Ciro, 7%, Dias, 4% e João Doria (PSDB), 4%. 

Um quinto cenário apresenta Marina com 7%, Alckmin e Ciro com 6% Huck com 5%, Barbosa e Dias com 3% — neste caso, o presidente Michel Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ficam com 1% cada.

No segundo turno, Lula venceria Alckmin (49% a 30%) e Marina (47% a 32%) e Bolsonaro (49% a 32%).

(Com Estadão Conteúdo)

Sobe para nove número de mortos por febre amarela no Rio

O número de mortos por febre amarela no estado do Rio de Janeiro chegou a nove, informou a Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde. O caso mais recente foi registrado na cidade de Rio das Flores, na região serrana do Rio. Em Valença, a doença já matou quatro pessoas; em…

via Sobe para nove número de mortos por febre amarela no Rio — EXAME

Brasil aponta para uma direção triste, caso as eleições não alterem esse destino

Brasil aponta para uma direção triste, caso as eleições não alterem esse destino

via Brasil aponta para uma direção triste, caso as eleições não alterem esse destino —

Mulher é acusada de ter tentado assassinar Barack Obama

Washington – Uma mulher texana foi acusada de tentar assassinar Barack Obama quando era presidente dos Estados Unidos e o governador do Texas, Greg Abbott, enviando-lhes pacotes com bombas de fabricação caseira. Segundo documentos do caso arquivados em um tribunal de Houston e divulgados nesta quinta-feira pela imprensa local, os pacotes bomba enviados pela mulher,…

via Mulher é acusada de ter tentado assassinar Barack Obama — EXAME

Novo texto da reforma da Previdência garante direitos, diz Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje (23) que o encontro desta quarta-feira (22) à noite entre o presidente Michel Temer, os deputados da base e alguns economistas vai ajudar a convencer os parlamentares a aprovar a reforma da Previdência. Segundo Maia, o novo texto está mais bem explicado, porque prova que a…

via Novo texto da reforma da Previdência garante direitos, diz Maia — EXAME

Bola de Ouro vai dar R$ 11 mi extras a Neymar no Paris Saint-Germain, diz jornal

O jornal Le Parisien revelou nesta terça-feiura, citando “fontes brasileiras”, a existência desta cláusula no acordo entre o clube e o craque. Ela será ativada sempre que o jogador levar o prêmio durante a duração do contrato com o PSG, que expira em 2022.

De acordo com a publicação, essa bonificação equivale a um mês de salário líquido de Neymar e o clube pode se beneficiar em termos de imagem se tiver o melhor jogador do mundo, permitindo um aumento nos preços cobrados tantos nos ingressos para as partidas do Paris Saint-Germain realizadas no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, como nas negociações com patrocinadores.

Fonte: Bola de Ouro vai dar R$ 11 mi extras a Neymar no Paris Saint-Germain