Skip to content

Após revelações de executivos da Odebrecht,  PGR ameaça anular delações na Lava Jato

O Brasil da bandalha e os capítulos tenebrosos de uma fase de sua história, se não bastasse as revelações que deixam envergonhados até os maiores bandidos desta nação, as mesmas revelações podem começar a fazer um caminho inverso ao que poderia levar todos os mal feitores para trás das grades. Calma, não é que o Procurador Geral vá anular as falas dos corruptos da empreiteira, pelo menos por enquanto são essas delações que estão valendo e se sobrepondo as demais que já haviam sido homologadas anteriormente.

O ex-senador Petista Delcídio do Amaral pode ser a primeira vitima do novo entendimento de Rodrigo Janot, as novas delações que vieram a público contradizem os depoimentos e parece que a força tarefa da Lava Jato decidiu que são os corruptores que tem mais credibilidade do que os corruptos neste país.

Pedro Barusco, Nestor Cerveró e outros podem ter seus acordos de colaboração premiada anulados por completo.

Odebrecht Pai citou e defesa de Lula aponta em nota vínculo entre Globo e Empreiteira

Íntegra da Nota divulgada pela defesa do ex-presidente Lula 

 “Delações são versões unilaterais de réus que buscam sair da prisão ou obter benefícios pessoais. Todas as referências contidas nas delações devem ser investigadas com isenção e imparcialidade não apenas em relação ao ex-Presidente Lula, mas também em relação a todos os que foram citados, incluindo a sociedade que a Globo manteve com o Grupo Odebrecht, citada na delação de Emílio Odebrecht. 

 Lula sempre atuou para promover o Brasil no exterior, e não para promover determinadas empresas ou empresários” 

 Assina a nota o advogado Cristiano Zanin Martins

9 dias depois de Temer inaugurar, Lula convida Ciro Gomes e Dilma para visitar transposição

Politica

Um grande ato está sendo preparado para receber o petista, nove dias após a inspeção feita pelo presidente Michel Temer no mesmo local. Na ocasião, Temer inaugurou o Eixo Leste da transposição e foi alvo de protestos. Do lado de fora da cerimônia, manifestantes gritaram “Fora, Temer”.
Pré-candidato à Presidência da República, Lula escolheu uma data simbólica para visitar o local: 19 de março, dia de São José, quando os nordestinos renovam suas esperanças por chuva.
Fonte: Em resposta a Temer, Lula convida Ciro Gomes e Dilma para visitar transposição

Ver o post original

E o Legado deixado pelos jogos? 6 meses após Olimpíada, atletas são demitidos e perdem patrocínios

Assim como aconteceu com o Legado Fifa, a passagem dos Jogos Olímpicos pelo Brasil deixou um rastro de miséria, desespero e incertezas para atletas, clubes, cidades e a população de uma maneira geral. Obras que não acabam nunca, elefantes brancos por todos os lados e nem os atletas medalhistas conseguiram manter suas fontes de renda para seguir na carreira

As notícias de corrupção na eleição do Rio como sede dos jogos em 2016 é o menor dos problemas para quem vive do esporte, os governos que já não estavam nem ai durante a preparação da Rio 2016, agora abandonaram de vez os projetos, empresários diante do cenário de crise não enxergam no esporte a visibilidade após o termino da competição e o esperado “futuro promissor” de várias modalidades foram esquecidos em apenas seis meses pelo COB.

Nem o medalhista Arthur Zanetti, uma das maiores estrelas do esporte brasileiro, escapou dos cortes. Suas dez fontes de renda até a Olimpíada foram reduzidas para apenas três: Bolsa Pódio, Força Aérea Brasileira e Adidas.

Fonte: 6 meses após Olimpíada, medalhistas são demitidos e perdem verbas | EXAME.com – Negócios, economia, tecnologia e carreira

Nota triste: Neil Fingleton, o gigante de “Game of Thrones”, morre aos 36 anos

Neil Fingleton, o gigante Mag o Poderoso da série “Game of Thrones”, morreu aos 36 anos, informaram neste domingo vários veículos de imprensa britânicos.
wpid-wp-1392153966640.jpeg

Fonte: Neil Fingleton, o gigante de “Game of Thrones”, morre aos 36 anos

Roma, Berlim e Londres estão perplexos e não poupam críticas a proibição de Trump a refugiados

A juíza do Tribunal do Distrito Federal do Brooklyn, Ann Donnelly, suspendeu parcialmente na noite deste sábado (28) a proibição da entrada nos Estados Unidos de imigrantes vindos de sete países com maioria muçulmana.    Donnelly proibiu que os refugiados que já estavam em solo norte-americano fossem expulsos do país porque […]

trumpMerkel, Gentiloni, Johnson e Trudeau condenam atitude: A chanceler alemã, Angela Merkel, condenou a ordem executiva de Trump contra os imigrantes. Segundo seu porta-voz, Steffen Seibert, a medida “não é justificada” e a chanceler “está convicta que a tão necessária luta contra o terrorismo não justifica” uma lei do tipo “com base apenas na origem ou na crença”.

Merkel conversou por telefone com Trump neste sábado e, segundo o jornal “Bild”, na conversa de 45 minutos, os dois trocaram convites para visitas em cada país e reforçaram a importância das relações bilaterais.

O premier da Itália, Paolo Gentiloni, também se manifestou neste domingo (29) sobre a medida de Trump. “A Itália está ancorada em seus próprios valores. Sociedade aberta, com identidade plural, nenhuma discriminação. São os pilares da Europa”, escreveu.

Apesar da premier britânica, Theresa May, não se manifestar sobre a medida de Trump, o ministro das Relações Exteriores, Boris Johnson, condenou a ordem.

“Protegeremos os direitos e as liberdades dos cidadãos do Reino Unido em nossa pátria e no exterior. É divisivo e errado estigmatizar com base na nacionalidade”, escreveu em seu perfil no Twitter.

Já o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, também usou as redes sociais para mostrar sua contrariedade à medida do presidente do país vizinho.

“Para quem foge das perseguições do terror e da guerra, saibam que os canadenses lhe darão as boas vindas, não importando qual seja a sua fé. A diversidade é a nossa força”, escreveu no Twitter.

Fonte: ANSA

Gabriel Jesus estreia na Premier League e Manchester City empata com Totteham